segunda-feira, maio 27, 2024
HomeDestaquesDecisão histórica, pais são condenados a 15 Anos por crime do filho

Decisão histórica, pais são condenados a 15 Anos por crime do filho

James e Jennifer Crumbley, pais do atirador da Oxford High School em Michigan, foram condenados a 15 anos de prisão por homicídio culposo. A sentença histórica marca a primeira vez que pais são responsabilizados por um tiroteio escolar nos Estados Unidos.

Em julgamentos separados, a juíza Cheryl Matthews condenou o casal por negligência em relação ao filho Ethan, que matou quatro estudantes em novembro de 2021, quando tinha apenas 15 anos.

“Não pretendo fingir que compreendo a dor dos pais, mas vi o que vocês viram e ouvi o que vocês ouviram”, disse a juíza. “Essas condenações não se tratam de erros de paternidade. Elas se referem a atos que poderiam ter parado um trem desgovernado. Houve acesso irrestrito a uma arma e munição. Vocês glorificaram o uso dessas armas.”

Negligência e sinais ignorados

Os promotores argumentaram que o casal ignorou diversos sinais de alerta sobre o perigo que Ethan representava. Eles permitiram que o menor tivesse acesso à arma, comprada apenas quatro dias antes do tiroteio.

“Estou aqui hoje não para pedir o seu perdão, porque sei que pode estar além do alcance, mas para expressar minhas mais sinceras desculpas pela dor que foi causada”, disse Jennifer no tribunal, dirigindo-se aos parentes das vítimas.

“Não consigo expressar o quanto desejo que pudesse saber o que estava acontecendo com ele ou o que iria acontecer, porque eu teria feito muitas coisas de forma diferente”, disse James.

Quem leu, leu também...
segunda-feira, maio 27, 2024
Propaganda

Populares