sexta-feira, março 1, 2024
HomeCulturaServidorade primavera do leste é premiada pelo Ministério da Cultura e Instituto...

Servidorade primavera do leste é premiada pelo Ministério da Cultura e Instituto Preta Hub

A professora e atriz, Edilene Rodriguez, foi a única selecionada de MT no 1˚ Prêmio Pretas Potências.

A servidora municipal de Primavera do Leste-MT, Edilene Rodriguez, foi premiada durante a cerimônia do 1˚ Prêmio Pretas Potências, no último sábado (9), no Museu das Favelas, no Centro de São Paulo – SP .

O evento, organizado pelo Instituto Preta Hub em parceria com o Ministério da Cultura e com o respaldo da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com o apoio de empresas como Mercado Livre, Banco BV, BASF e EY. Edilene, que atua como atriz, professora de teatro, pesquisadora das artes da cena e produtora cultural, foi reconhecida por sua destacada contribuição nessas áreas.

Com diversas personalidades e atrações culturais como a DJ Sophia, a performance de Ballroom com a House of Mutatis, tambores do zé Benedito e um pocket show incrível com Bia Ferreira.

Foi um momento para reconhecer e prestigiar aqueles que impulsionam a economia criativa do Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sul e Sudeste do Brasil como celebração da cultura e da força da comunidade preta, os quais se reinventaram tanto em tempos de pandemia como atualmente ao movimentar suas comunidades.

Com mais de duas mil inscrições de todo o Brasil para selecionar 150 iniciativas premiadas nas categorias música, artes da cena, cultura geek, artes visuais, literatura e Patrimônio imaterial.

A diretora executiva do Preta Hub, Adriana Barbosa ressalta que “Nós, da Preta Hub com o objetivo de ressaltar a força criativa e inovadora da juventude negra, selecionamos 150 projetos para o 1˚ Prêmio Pretas Potências, não poderíamos deixar de agradecer e parabenizar a todos as pessoas que se inscrevam. Nesta edição foram investidos 1 milhão para reconhecer histórias, artistas, fazedores de cultura e profissionais do campo da Economia criativa, foi uma escolha difícil e muito afetiva, então parabéns aos selecionados aqui presentes, vocês são potências”.  

Edilene ficou emocionada com os espaços que sua pesquisa tem alcançado e de representar Mato Grosso nesse cenário. “Eu não poderia deixar de agradecer e mencionar o meu diretor, amigo e grande professor Wanderson Lana por sempre nos incentivar a voar, esse prêmio é todos que fazem a diferença na vida de tantos alunos e alunas em Primavera do Leste”.

Conheça mais sobre a Edilene

Edilene Rodriguez iniciou a pesquisa premiada em 2014 com a montagem cênica do espetáculo Ari Areia: um grãozinho apaixonado e depois seguiu com ela nos processos da graduação até o mestrado em teatro, defendido em 2021 na Udesc em Santa Catarina com o título Espaço do Brincar: experimentos teatrais com crianças em primavera do leste. Atualmente no doutorado em Estudos de Culturas Contemporâneas pelo PPG-ECCO da UFMT, Edilene está reelaborando a pesquisa dentro dos seus processos de escrivivências, negritude e teatralidades decoloniais em afroperspectivas no espaço do brincar.

Essa nova ótica da pesquisa, que começou a pouco mais de um ano, já tem ganhado espaço no universo acadêmico e teatral. Edilene participou este ano de dois congressos importantes, em junho do Congresso Todas as Artes em Portugal (de modo online) e em setembro de maneira presencial, foi falar da pesquisa e do teatro que é desenvolvido em Primavera do Leste – MT, em Buenos Aires – Argentina no VI Fórum Internacional de Investigadores e críticos das artes da cena para a infância e juventude, organizado pela Atina – Assistej Internacional, que contou com pesquisadores da Espanha, México, Canadá, Brasil, Colômbia, Suécia, Alemanha e da Argentina.

O congresso foi realizado em inglês e espanhol e a atriz e professora de teatro apresentou a sua pesquisa nos dois idiomas, representando Primavera do Leste e a região Centro-Oeste do Brasil no fórum.

O teatro que é realizado em Primavera do Leste reverbera em cada criança, adolescente e adulto que passou ou passa pelas práticas teatrais artísticas pedagógicas desenvolvidas na Escola Municipal de Teatro – Sistema Faces de Ensino e nos três grupos da cidade, Grupo Teatro Faces, (da qual Edilene é atriz e co-fundadora) Faces Jovem e Primitivos (da qual muitos dos integrantes foi a primeira professora). 

Redação com portal da Prefeitura de Primavera

Quem leu, leu também...
Propaganda

Populares